Fechamento de Caixa: Passo a Passo para Acertar [Checklist]

Fechamento de caixa

Saber fazer corretamente o fechamento de caixa é essencial para o bom funcionamento de um restaurante ou lanchonete.

Ainda que a gestão financeira não seja a parte mais divertida do negócio, você já sabe que ela é muito importante para ter sucesso e longevidade no empreendimento.

Além de elaborar o cardápio, cuidar do projeto de decoração e pensar em ideias inovadoras para encantar os clientes, é preciso aprender a fazer o fechamento de caixa de forma eficiente e assertiva.

Para isso, vamos apresentar a seguir um passo a passo simples e direto.

Acompanhe este texto até o final e confira! 

👉Simplifique o trabalho do garçom e acelere o atendimento com a comanda eletrônica. Conheça a Simpliza!

O que é fechamento do caixa?

Fechamento de caixa é a prática da conferência dos valores vendidos, dos valores gastos e, por fim, do valor disponível em caixa ao final de um período.

Ele pode ser feito ao final de cada dia, semana ou mês.

O importante é que seja constante e faça parte da rotina do restaurante. 

Fazer o fechamento de caixa é uma das atividades básicas de um estabelecimento comercial.

Sem ele, é muito difícil acompanhar a real situação financeira do negócio, pois não há controle de quanto dinheiro entrou e saiu em determinado período.

O que é fechamento do caixa?

Passo a passo para fazer o fechamento do caixa

O fechamento de caixa é uma rotina que pode ser simples, mas é preciso prestar atenção a alguns detalhes para ter controle das movimentações financeiras do seu restaurante.

Esse checklist vai te ajudar nisso.

Vamos lá?

  1.  Escolha o sistema de gestão

Em primeiro lugar, determine em que sistema você quer fazer seu fechamento. 

Centralizar as informações em um mesmo local é vital para que nada seja perdido, evitando erros na conferência.

Escolha um bom sistema de gestão e vendas para restaurante para ser seu parceiro nesta hora.

  1.  Defina um responsável

A partir daí, é importante escolher entre os seus colaboradores um responsável pela rotina de fechamento de caixa, além de um possível substituto para o caso de ausência do primeiro.

Dê preferência para pessoas com perfil analítico, facilidade com números e muita atenção, para evitar possíveis erros ou ainda que a atividade deixe de ser realizada.

  1.  Abra o caixa 

Antes de iniciar um novo período, é sempre importante registrar os valores que estão disponíveis para troco e movimentações em espécie, antes de realizar qualquer venda em seu restaurante ou lanchonete.

  1.  Administre o fluxo de caixa

Após abrir o caixa, registre todas as movimentações em um caderno, planilha de Excel, ou melhor: conte com a ajuda de um sistema simples e intuitivo.

As movimentações de entrada são provenientes das vendas ou de suprimentos (injeção de valores na frente de caixa para suprir a necessidade de troco). 

Já as movimentações de saída, também conhecidas como sangrias, podem ocorrer durante o expediente ou no fechamento de caixa. 

Essas retiradas são usadas para pagar pequenas despesas pontuais, suprir demandas de outros caixas e, principalmente, na hora de encaminhar valores para a conta bancária ou tesouraria do estabelecimento, a fim de mantê-los mais seguros. 

  1.  Atente-se a todos os meios de pagamento

Atualmente, restaurantes e lanchonetes recebem valores de diferentes formas de pagamento, desde dinheiro, cartões ou Pix na frente de caixa — também conhecido como PDV. 

Além disso, existem os diversos tipos de pagamento disponíveis nos aplicativos de delivery.

É importante registrar e centralizar todas as movimentações, independentemente do valor movimentado e do modo de pagamento.

E isso é um grande desafio que pode ser facilitado por meio de um dashboard.

  1.  Confira frequentemente

Dar troco errado, esquecer de registrar um valor ou negligenciar a comunicação quando acontece uma troca de turno, são situações comuns que podem gerar problemas no controle de caixa. 

Por isso, é importante estar atento para conferir se tudo foi devidamente registrado ao longo do período, criando uma rotina de checagem, por exemplo.

  1.  Feche o caixa 

Realizada a rotina acima, com anotação do valor inicial do caixa, todas as transações efetuadas e conferidas, chega a hora de finalizar o período com o fechamento do caixa.

A soma de todas as entradas, subtraída de todas as saídas, chegará no saldo atualizado daquele período. 

Assim, será possível comparar o valor disponível em caixa com o saldo das entradas e saídas, identificando possíveis diferenças para menos ou para mais.

👉Simplifique o trabalho do garçom e acelere o atendimento com a comanda eletrônica. Conheça a Simpliza!

Quando o fechamento de caixa deve ser realizado?

Como falamos acima, o fechamento de caixa é realizado ao fim de um determinado período, idealmente todos os dias ao final do expediente. 

Em casos de restaurantes e lanchonetes que contam com operadores por turno no PDV, é importante realizar a conferência e fechamento nas trocas de turnos, garantindo que nenhuma informação seja perdida.

Para ter uma visão estratégica e traçar planos de ação sobre as entradas e saídas do negócio, é importante realizar também o fechamento de caixa semanal e mensal. 

Fechamento de caixa mensal

O fechamento de caixa mensal ajuda a entender sazonalidades, identificar a necessidade de mudanças estratégicas e organizar o planejamento financeiro do próximo período.

Para isso, no início de cada mês, anote o saldo disponível no caixa do estabelecimento.

Após conciliar todas as transações de entrada e saída, no fim do mês, você poderá verificar o saldo e comparar com o valor disponível, para entender se houve lucro ou prejuízo, comparado ao período anterior.

Como fechar o caixa do restaurante

Como descobrir erro no caixa?

Erros no caixa podem acontecer quando o registro das transações não é feito com consistência e atenção, e eles são descobertos graças ao fechamento do caixa. 

Esses erros podem comprometer a saúde financeira do seu negócio e sabotar seu sucesso.

Após a descoberta do erro, é importante revisar as transações, principalmente se todas as sangrias e suprimentos foram registrados. 

Dependendo do volume de transações, essa revisão pode ser complexa, e um sistema de gestão e vendas para seu restaurante pode simplificar sua vida.

👉Simplifique o trabalho do garçom e acelere o atendimento com a comanda eletrônica. Conheça a Simpliza!

Conclusão

Um fechamento de caixa simples e eficiente é importante para a saúde financeira do estabelecimento.

Sabemos que a gestão de um restaurante vai muito além, passando por atendimento, cardápio, comanda, delivery e muitos outros desafios.

Pensando em tudo isso, a Simpliza nasceu para simplificar e centralizar os diferentes processos e facilitar a vida de donos de lanchonetes e restaurantes.

Aqui vai uma dica espetacular de algo que você pode fazer com o sistema Simpliza: criar e gerenciar comandas eletrônicas, que facilitam o trabalho do garçom, garantindo mais agilidade no serviço e satisfação dos consumidores.

Use comandas eletrônicas e domine o atendimento ao cliente!

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

You May Also Like