Cardápio para restaurante: Como elaborar um para seu negócio

Happy waiter wearing protective face mask while showing menu on digital tablet to female guest in a cafe.

O cardápio para restaurante pode ser considerado como o cartão de visitas desse negócio e uma das principais motivações que levam um cliente a frequentar o espaço. 

Isso porque, além de poderem ser motivadas pelo lazer e distração, as pessoas vão a um restaurante para saborear deliciosas refeições. E é através do menu que elas têm esse primeiro contato com os pratos daquele espaço.

Por isso, se você não tem um cardápio ou o que tem não é nada atrativo, não condiz com a proposta do estabelecimento e nem apresenta novidades de tempos em tempos, dificilmente os clientes permanecerão no estabelecimento, ou, sequer, o frequentarão.

Por isso, como a primeira impressão é a que fica, é necessário saber como montar um cardápio para restaurante e, principalmente, fazer isso de forma compatível com o seu tipo de negócio. 

Quer saber como? Então continue a leitura deste conteúdo para descobrir!

Simplifique as vendas do seu restaurante, atenda seus clientes de um jeito mais rápido, seguro e eficiente!

Benefícios de ter um cardápio para restaurante

Antes de te ensinarmos como montar um cardápio para restaurante, vamos te mostrar quais são os benefícios de ter um para o seu estabelecimento. Assim, não haverá dúvidas quanto à sua importância para qualquer negócio do ramo alimentício!

  • Reforça a identidade do restaurante: como mencionamos, o cardápio é uma espécie de cartão de visitas do espaço. Portanto, sua presença serve para deixar claro ao cliente as características do estabelecimento e seu segmento.
  • Proporciona uma experiência agradável ao cliente: quando o consumidor tem a opção de analisar um cardápio e todos os detalhes dos pratos, ele consegue fazer uma escolha mais acertada. Isso permite que ele tenha uma boa experiência no restaurante. 
  • Otimiza o trabalho da equipe de atendimento: quando um cliente tem um cardápio completo para consultar, ele não terá muitas dúvidas sobre os pratos oferecidos. Isso otimiza o trabalho da equipe de atendimento, que ganha mais tempo para atender outros clientes. 

Tipos de cardápio para restaurante

Os cardápios para restaurante podem ser de diversos tipos. Entre os principais temos o cardápio á-lá-carte, o table d’hote e o menu misturado. Conheça cada um deles!

Cardápio á-la-carte

No cardápio á-lá-carte, os pratos são apresentados e tarifados de forma separada para que o cliente tenha a liberdade de escolher o que quiser. Afinal, ele pode, por exemplo, querer saborear apenas aperitivos ou uma sobremesa. 

Por isso esse menu deve contar com os pratos agrupados por categorias, como: aperitivos, entradas, pratos principais e sobremesas. Além disso, é importante que cada prato conte com uma descrição.

Cardápio table d’hote

Diferentemente do cardápio anteriormente apresentado, esse oferece combinações de refeições a um preço fixo. Ou seja, ele é montado.

Nesse sentido, existem combos de entrada, prato principal e sobremesa a um valor determinado. Entretanto, é possível dar a liberdade para o consumidor misturar opções de diferentes categorias para que ele se sinta mais à vontade e satisfeito. 

O menu misturado, como o próprio nome já diz, refere-se a um cardápio que conta com itens á-lá-carte enquanto outros elementos são agrupados para formar uma combinação. 

Nesse sentido, o restaurante pode, por exemplo, oferecer uma sobremesa agrupada a todos os pratos principais, por exemplo. 

Veja qual tipo de cardápio é o ideal para seu restaurante

tipos de cardapios cardapio para restaurante

Além das três modalidades de cardápio que você viu anteriormente, é preciso saber que os menus também podem ser do tipo semanal e mensal. 

Essa é uma forma de variar as refeições que são servidas e, assim, atrair o cliente para as novidades, principalmente no caso das pessoas que almoçam sempre no mesmo espaço todos os dias. 

Cardápio semanal

O cardápio semanal é muito comum em restaurantes populares, self-service, comercial, industrial, por quilo e caseiro.

Acontece que esses estabelecimentos servem uma base comum todos os dias, como arroz, feijão e carne, mas em cada dia da semana são determinados acompanhamentos e saladas diferentes. 

Cardápio mensal

O cardápio mensal já segue uma estrutura mais rígida e vem com novidades espaçadas, de mês em mês. 

Vemos esse tipo de menu em bistrôs, jantar fino e restaurantes mais segmentados, como de comida italiana, japonesa, chinesa, entre outros.

Como montar um cardápio para restaurante?

Agora, finalmente, chegou a hora da elaboração de cardápio para restaurante! Separamos um rápido passo a passo que vai te ajudar nessa missão.

Passo 1

Nessa primeira etapa, você precisa, obviamente, definir os pratos que serão servidos no restaurante. 

Para isso, leve em consideração o público que você deseja alcançar, a localização do restaurante, o que a concorrência oferece e o quanto a sua equipe da cozinha consegue produzir.

Passo 2

Chegou a hora de você definir os preços! Essa é uma das etapas mais importantes do planejamento de cardápio para restaurante

Para isso, é preciso levar em conta quantos pratos a sua cozinha consegue produzir por dia e todos os gastos que você tem, como: aluguel do espaço, pagamento de funcionários, água, luz, gás de cozinha, os custos dos alimentos, entre outros. Não se esqueça também de incluir nessa soma o seu lucro, é claro!

Depois de fazer todos os cálculos, é preciso encontrar preços que te permitam pagar todas as despesas, lucrar e que sejam atrativos para os clientes. Afinal, de nada adianta colocar valores exorbitantes e não ser condizente com a realidade do seu público.

Passo 3

Depois dos cálculos, é hora de redigir o cardápio. É importante separar os pratos por categorias, como já mencionamos neste conteúdo, definir a ordem em que os pratos irão aparecer e fazer uma descrição curta dos ingredientes utilizados em cada refeição.

Execute essa etapa com muito cuidado para que não contenha erros de ortografia e nem gramaticais no cardápio, ok?

Passo 4

Por fim, é hora de cuidar do design do seu cardápio. Crie uma identidade visual bem bonita, que encha os olhos dos clientes, mas que seja condizente com o seu negócio. 

Utilize imagens chamativas, mas tome cuidado para não carregar muito na quantidade e deixar o menu muito poluído visualmente.

Perguntas frequentes sobre cardápio para restaurante

Perguntas frequentes sobre cardápio para restaurante

Como sabemos que existem muitas dúvidas no processo de elaboração de cardápio para restaurante, nós da Simpliza resolvemos responder as perguntas mais frequentes que a maioria dos donos desses estabelecimentos costumam ter. 

Qual o melhor cardápio para marmitex?

O melhor cardápio de marmitex é aquele que apresenta ingredientes simples e de fácil preparo. Mas é importante focar na variedade de alimentos e oferecer entre duas a três opções de marmitex por dia.

Quais são as cores mais comuns para cardápio de restaurante

As cores mais utilizadas em um cardápio de restaurante são: amarelo, laranja, roxo ou azul, verde e vermelho. Todas elas, segundo a psicologia das cores, despertam sensações no cliente. Entretanto, não podemos utilizar todas juntas. É preciso escolher apenas algumas e que combinem entre si. 

O que não colocar em cardápio de restaurante?

Não coloque em um cardápio para restaurante textos longos na descrição dos pratos. Afinal, o cliente não quer perder seu tempo lendo. Apenas quer se informar sobre o necessário quanto à composição dos pratos. 

Além disso, não coloque imagens da internet. O cardápio precisa representar verdadeiramente os pratos do estabelecimento. Por isso invista em boas fotografias. 

Simplifique as vendas do seu restaurante, atenda seus clientes de um jeito mais rápido, seguro e eficiente!

Conclusão

Agora que você já sabe como elaborar um cardápio para restaurante com qualidade, tenha a certeza de que os seus clientes se sentirão muito mais satisfeitos no seu estabelecimento e podem, inclusive, recomendá-los para outras pessoas. 

Além disso, todas as rotinas tendem a ser simplificadas e otimizadas com esse poderoso instrumento, que pode até parecer simples, mas faz toda a diferença para o sucesso de qualquer restaurante.

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

You May Also Like