Soft Opening: Como Fazer da Forma Certa [Guia]

Soft Opening

Se você não sabe ao certo o que é Soft Opening, este artigo traz uma notícia maravilhosa: você não precisa fazer uma grande abertura para ter um restaurante de sucesso.

Na verdade, em muitos casos, é exatamente o contrário que costuma funcionar.

Isso mesmo: uma pré-inauguração, no formato de “teste” ou Mínimo Produto Viável (MVP), é a estratégia de muitos negócios.

Entre eles, hotéis, startups e lojas, sendo também muito usada na abertura de restaurantes, bares e lanchonetes. 

Esse é o conceito de Soft Opening, de que vamos falar aqui. 

Preparamos um guia com tudo o que você precisa saber para ter uma pré-inauguração de sucesso.

Vem conferir! 

👉Simplifique as vendas do seu restaurante e atenda seus clientes de um jeito mais rápido, seguro e eficiente!

O que é um Soft Opening?

Soft Opening é uma estratégia de marketing usada por restaurantes e lanchonetes, que funciona, em tradução livre, como uma “leve abertura” para testar a operação antes da abertura oficial.

Por ser um evento fechado, é possível escolher qual público vai participar, quais opções de cardápio oferecer, predeterminar o horário e até inovar com promoções criativas, descontos e cortesias.

O Soft Opening também é o momento ideal para observar a experiência do cliente. 

É possível checar o atendimento da equipe, o tempo de espera pelo pedido, a temperatura e palatabilidade dos pratos, o conforto do ambiente, a organização da cozinha, entre outros fatores.

Desse modo, o empreendedor visualiza os pontos de melhoria em um cenário mais controlado, sem comprometer a reputação da empresa, como seria em um atendimento ao público aberto. 

Por que fazer um Soft Opening?

Podemos comparar a pré-abertura de um restaurante, bar ou lanchonete com o último ensaio de uma peça de teatro. 

Todos os atores estão prontos para o show: vestidos a caráter, com as falas e movimentos decorados, com o tempo cronometrado. 

Ao subirem no palco, a sensação é de uma apresentação real, já que o cenário está montado, as luzes acesas e a plateia presente. 

Mas, todos têm a tranquilidade de saber que podem cometer pequenos erros, porque ainda é um ensaio, por mais real que pareça. 

Da mesma forma, o Soft Opening oferece aos restaurantes a possibilidade de descobrir na prática o funcionamento, as falhas operacionais e as oportunidades de melhoria na organização

É, também, o momento ideal para colher feedbacks, entender o comportamento dos consumidores e dos funcionários, assim como adequar o cardápio, se necessário.

Para aumentar as chances de sucesso do negócio gastronômico é importante que o Soft Opening seja feito com antecedência à abertura oficial.

Pode ser na mesma semana ou dias antes da estreia, assim é possível ajustar os erros antes de abrir as cortinas.

Vantagens de fazer Soft Opening

Animado com a estratégia ou ainda em dúvida?

Então, confira algumas das principais vantagens do Soft Opening para o seu restaurante, lanchonete ou bar.

Marketing gratuito

Realizar o Soft Opening pode causar uma boa impressão antes mesmo da inauguração.

Com a estratégia de marketing certa, essa primeira impressão tem o poder de atuar como prova social, também conhecido como “marketing boca a boca”.

Se a primeira experiência for boa, as pessoas que participaram irão indicar seu negócio gastronômico aumentando a clientela para a estreia oficial.

Isso é especialmente importante se, entre os convidados do Soft Opening, estiverem formadores de opinião, como influenciadores e jornalistas.

Vantagens de fazer Soft Opening

Checagem de logística

Mesmo que seja um restaurante pequeno, a pré-inauguração é a oportunidade perfeita para treinar sua equipe a encantar os clientes na prática. 

É também um ótimo momento para conferir se todos os pontos de logística estão em ordem, como o recebimento de mercadorias e insumos.

Validação de preços

O Soft Opening é o momento de validar os preços dos seus produtos.

Uma possibilidade é propor sugestões de preços e não cobrá-los, colhendo feedbacks dessas sugestões.

Como fazer um Soft Opening: 6 dicas para ter sucesso

Agora que você já sabe porque deve fazer um Soft Opening e as vantagens que ele trará ao seu restaurante ou lanchonete, este é o momento de conferir dicas valiosas para ter um Soft Opening de sucesso. 

Dá só uma olhada aqui:

1. Escolha bem a lista de convidados 

Convidar familiares, amigos e pessoas próximas, que podem agregar com feedbacks construtivos para seu negócio, é essencial.

Também é uma excelente oportunidade para trazer pessoas com conhecimento no mercado de restaurantes e lanchonetes para contribuírem com insights valiosos, além de jornalistas e influenciadores, para fazerem a divulgação.

2. Divulgue seu Soft Opening 

Mesmo sendo um evento restrito, anunciar que está em pré-lançamento – e para convidados selecionados – pode ser uma ótima estratégia de divulgação de seu negócio. 

Isso pode gerar o que o marketing chama de “gatilho de escassez” nos consumidores não convidados, tornando seu produto mais desejado para o lançamento.

3. Treine sua equipe 

Antes de realizar o Soft Opening é importante garantir as boas práticas junto a sua equipe, alinhando processos e a dinâmica de trabalho.

Um bom atendimento é uma das maiores razões de fidelização dos clientes.

Dicas para abertura do restaurante

4. Faça um checklist de operação 

Certifique-se de que todos os equipamentos e utensílios – como as louças, copos e talheres – estarão disponíveis para a equipe, de preferência nos mesmos lugares que serão utilizados no dia a dia.

Eles deverão ser em quantidade suficiente para atender todos os clientes e possíveis imprevistos, como itens quebrados.

Um outro ponto muito importante para se atentar é em relação ao fornecimento de água e energia

Esses dois são itens sobre os quais não temos total controle, por isso, é muito importante ter um plano para evitar o desperdício e uso excessivo, prevenindo um corte de fornecimento.

Mesmo assim, esse corte pode acontecer por fatores externos, portanto, é válido sempre ter um plano B de como toda a equipe vai agir nesse caso.

5. Organização das preparações 

Antes de tudo, tenha um menu bem definido e verifique se a cozinha está dentro das normas da vigilância sanitária

Também é importante que a equipe realize o mise en place e pré-preparos para deixar tudo em ordem para o grande momento.

6. Tudo conectado 

Verifique se o sistema de gerenciamento do seu restaurante está funcionando corretamente, incluindo o PDV, a conexão de internet e o cardápio digital.

👉Simplifique as vendas do seu restaurante e atenda seus clientes de um jeito mais rápido, seguro e eficiente!

Conclusão

São muitos detalhes, não é? 

Por isso, a dica extra para ter um restaurante de sucesso é escolher uma empresa de gerenciamento que vai cuidar de todos os sistemas do seu negócio.

A Simpliza oferece esse serviço tanto para restaurantes físicos quanto delivery.

Um sistema completo de gerenciamento de caixa, cardápio, comanda e entregas, para simplificar as vendas e atender os clientes de forma mais rápida, segura e eficiente.

Saiba mais sobre o sistema de delivery da Simpliza.

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

You May Also Like